Dedetizar é uma forma de prevenir e combater pragas urbanas, como baratas, ratos, formigas, mosquitos, entre outras. Esses animais podem trazer doenças, danos materiais e incômodos para os moradores e frequentadores de um imóvel. Por isso, é importante manter uma rotina de dedetização para garantir a saúde e o bem-estar de todos.

Mas a cada quantos dias é recomendado dedetizar? A resposta depende de vários fatores, como o tipo de praga, o nível de infestação, o método de dedetização, o ambiente e as condições climáticas. De modo geral, recomenda-se dedetizar pelo menos duas vezes por ano, mas esse intervalo pode variar conforme a situação específica de cada caso.

Neste artigo, vamos explicar melhor como funciona a dedetização, quais são os principais tipos de pragas urbanas e como escolher uma empresa especializada para realizar o serviço. Acompanhe!

Como funciona a dedetização?

A dedetização é um processo que consiste em aplicar produtos químicos ou biológicos para eliminar ou controlar as pragas urbanas. Esses produtos podem ser líquidos, em forma de spray ou nebulização, ou sólidos, em forma de iscas ou pó. A forma de aplicação depende do tipo de praga, do local e do grau de infestação.

A dedetização pode ser preventiva ou corretiva. A preventiva é feita antes que as pragas se instalem no imóvel, com o objetivo de evitar que elas se reproduzam e causem problemas. A corretiva é feita quando as pragas já estão presentes no imóvel, com o objetivo de eliminá-las ou reduzi-las ao máximo.

Quais são os principais tipos de pragas urbanas?

As pragas urbanas são aquelas que se adaptaram ao ambiente urbano e que podem causar danos à saúde humana, aos animais domésticos e às estruturas dos imóveis. Algumas das principais pragas urbanas são:

Baratas

São insetos que se alimentam de restos orgânicos e que podem transmitir doenças como salmonelose, disenteria e leptospirose. Elas se escondem em locais escuros e úmidos, como ralos, frestas e armários.

Ratos

São roedores que se alimentam de qualquer tipo de alimento e que podem transmitir doenças como leptospirose, peste bubônica e hantavirose. Eles se abrigam em locais como forros, sótãos e esgotos.

Formigas

São insetos que se alimentam de açúcar, gordura e proteína e que podem contaminar os alimentos com bactérias e fungos. Elas vivem em colônias e se locomovem por trilhas.

Mosquitos

São insetos que se alimentam de sangue e que podem transmitir doenças como dengue, zika, chikungunya e malária. Eles se reproduzem em locais com água parada, como vasos, pneus e calhas.

Cupins

São insetos que se alimentam de celulose e que podem causar danos estruturais aos móveis e às construções de madeira. Eles vivem em colônias e se espalham por túneis.

Como escolher uma empresa especializada para dedetizar?

Para garantir a eficácia e a segurança da dedetização, é fundamental escolher uma empresa especializada para realizar o serviço. Uma empresa qualificada deve ter:

  • Registro no Conselho Regional de Química (CRQ) e na Vigilância Sanitária;
  • Licença ambiental para o transporte e a destinação dos resíduos;
  • Técnicos capacitados e treinados para manusear os produtos;
  • Equipamentos adequados para cada tipo de aplicação;
  • Produtos registrados no Ministério da Saúde;
  • Certificado de garantia do serviço.

Além disso, é importante verificar a reputação da empresa no mercado, consultar as avaliações dos clientes anteriores e solicitar um orçamento detalhado antes de contratar o serviço.

Uma empresa que você pode confiar

Se você está procurando uma empresa de dedetização Asa Norte, em Brasília, pesquise por uma empresa que atua há mais de 10 anos no mercado, oferecendo soluções eficientes e seguras para o controle de pragas urbanas.

Com uma equipe de profissionais qualificados e experientes, que utilizam produtos de alta qualidade e equipamentos modernos e que atende residências, comércios, indústrias, escolas, hospitais e outros tipos de imóveis.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.