Tecido, fios, densidade, tamanho… Como escolher seus itens de cama

Tecido, fios, densidade, tamanho… Como escolher seus itens de cama

Saiba por que a quantidade dos fios entre outros fatores podem influenciar na qualidade dos seus produtos de cama

Não há sensação melhor do que ver o quarto perfeito, arrumado. Poder decorar a sua cama com lindas peças de manta e cobertor, bem como enchê-la de travesseiros e almofadas para enfeitar o seu leito, trazendo aquele sentimento de aconchego.

Realmente, para as donas de casas e apreciadores de decoração, um ambiente confortável relaxa, principalmente, naqueles momentos de estresse. 

Além de toda beleza que as roupas de cama proporcionam no visual, é importante também que as fibras do material sejam macias o suficiente para proporcionar uma revigorante noite de sono, em um colchão agradável, com jogo de cama macia e cheirosa. Deseja saber mais sobre como escolher os itens certos para montar uma cama perfeita? Basta conferir, aqui, nossas dicas!

Por que os fios do tecido definem a qualidade das peças de cama?

Não é, necessariamente, importante saber com quantos fios se faz uma peça de cama, mas se você procura conjuntos macios e suaves, o tipo de tecido e a quantidade dos fios vão influenciar na qualidade do produto e no preço. 

Se procura mais conforto ao dormir, entender as informações dos produtos como lençóis, fronhas e cobertores farão toda a diferença, já que eles entram constantemente em atrito com nossa pele. Dessa forma, se torna relevante saber qual o tipo de material será comprado. 

É sempre recomendado comprar aqueles conjuntos que contém o lençol de cima, pois eles oferecem proteção aos edredons, as peças mais pesadas, na qual a higienização pode ser mais complicada, uma vez que nosso corpo libera uma oleosidade natural durante as noites mais quentes,  o que pode ser mais trabalhoso para remover essas manchas.

Para compreendermos melhor, os tecidos são fabricados por meio dos entrelaces dos fios, em que são posicionados na vertical e horizontal. Esse tipo de cruzamento nomeamos como trama, quanto mais trama tiver, maior será a maciez. Assim, peças de 200 fios até 1.600 fios por polegada vão definir a durabilidade e maciez dos itens de cama, assim como a perda de qualidade após a lavagem.

Uma dica que deixamos é atentar para os períodos do ano. Para épocas de calor, o ideal é utilizar modelos abaixo de 300 fios, uma vez que a quantidade dos fios também interferem na passagem de ar por entre eles. Já para o inverno, os itens com maiores números de fios irão impedir que o ar ultrapasse, fazendo com que o tecido fique mais aquecido.   

No entanto, existem outros fatores, além da quantidade desses fios, que interferem diretamente na categoria do produto, que são os tipos de tecidos no qual são produzidos, sendo eles artificiais, naturais ou sintéticos. 

Quais diferenças entre os tecidos artificiais, naturais e sintéticos?

O tipo de material que o tecido é fabricado também afeta diretamente na qualidade do jogo de cama. 

Artificial

Fibras artificiais possuem uma resistência maior, contudo são pouco agradáveis. Em relação ao preço, são relativamente econômicas. Além do mais, elas não amassam e nem desbotam com facilidade. São tecidos que só podem ser passados em temperaturas baixas para evitar queimaduras. Como exemplo tem a fibra feita de viscose. 

Natural

Os tecidos naturais são de origem vegetal, animal ou mineral. Eles são naturalmente  mais macios, agradáveis e confortáveis, possuem um toque mais aveludado do que os outros tipos de fibras. Além disso, a resistência aumenta a duração das peças.

No entanto, o preço é mais caro no mercado. Apresentam o lado positivo por não amassarem com facilidade, mas, em contrapartida, perdem a coloração com mais facilidade durante as lavagens. Os exemplos de panos dessa origem são: 

  • algodão; 
  • algodão egípcio; 
  • percal; 
  • linho; 
  • seda; 
  • cetim.

Sintético

As fibras sintéticas são produzidas a partir de produtos químicos, são mais resistentes, além de serem encontradas nas lojas com um baixo custo. Esses materiais não desbotam facilmente, não amassam e possuem uma secagem rápida.

No entanto, não são suaves ao toque, podem provocar coceira no corpo quando em contato com a pele. Por não haver transpiração do tecido, são normalmente mais quentes. Por fim, não deve ser passado com ferros em temperatura alta, pois corre o risco de queimar a peça. Como exemplo tem a microfibra e o poliéster. 

No que diz respeito aos tamanhos das roupas de cama, as informações são esclarecidas nas embalagens, seguindo os padrões para camas de solteiros, casal, queen size ou king size. Sendo:

  • solteiro – 0,88 x 1,88m;
  • viúva – 1,28 x 1,88m;
  • casal – 1,38 x 1,88m;
  • queen size – 1,58 x 1,98m;
  • king size – 1,93 x 2,03m.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.