Como fazer um Catálogo Digital Online para o seu negócio.


Quando se fala em comércio online, é comum que empreendedores veteranos se assustem: afinal, é um mundo novo, com outra lógica. Mas práticas antigas seguem tendo lugar lá. O Catálogo Digital Online é um ótimo exemplo.

O acesso a um site não é onde termina a relação de um consumidor com sua lanchonete, por exemplo.

Muito pelo contrário! Na realidade, o e-commerce tem que guiá-lo pelas etapas de compra, e o catálogo (ou cardápio) é fundamental para isso.

Quer saber como elaborar o catálogo digital da sua empresa? Acima de tudo, quer entender por que ele é tão importante? Então, leia o texto a seguir.

Catálogo online: o que é isso?

Vamos supor que você é dono de uma fábrica de equipamentos de proteção individual radiologia.

A equipe de um consultório dentário procura a sua empresa por e-mail para adquirir itens a serem usados nesse contexto.

Qual é a melhor forma de apresentar todos os produtos que você tem à disposição de maneira fácil, prática e interativa? Um catálogo online!

Ele é a versão online daqueles tradicionais catálogos que costumamos receber no correio de vez em quando.

Contém imagens, preço e descrição de cada item – com o diferencial que podem ser lidos pela internet (usando um celular, um notebook, tablet ou computador de mesa).

Ou seja, trata-se de uma ferramenta muito útil para os interessados em fechadura eletrônica para porta pivotante se informarem!

Como fazer um catálogo online?

Da mesma forma que os catálogos físicos, o catálogo online é uma representação visual da sua marca.

Ele precisa informar com clareza e comunicar os valores e interesses da empresa para o público.

Nesse contexto tudo importa:

  • Cores;
  • Fontes;
  • Layout;
  • Qualidade das fotos;
  • Correção ortográfica.

Nos tópicos seguintes iremos detalhar esses e outros pontos tão importantes para fazer bons catálogos de prevenção e combate a incêndio.

Trabalhe com layouts responsivos

Para garantir uma navegação fácil e rápida em seu catálogo tanto no desktop quanto em dispositivos móveis, você deve garantir que o layout seja responsivo.

Este é o nome que se dá ao modelo de layout que se adapta automaticamente ao dispositivo com o qual o material é acessado.

Por exemplo, ao visualizar a galeria em um celular ou notebook, a qualidade das imagens, textos e outros elementos gráficos deve ser a mesma em ambos os dispositivos.

Páginas com erros básicos, como imagens quebradas e seções desalinhadas, podem causar desconforto e incerteza aos visitantes. Portanto, investir em uma configuração responsiva deve ser uma prioridade.

Coloque fotos de alta qualidade 

Um dos elementos mais importantes de um bom catálogo virtual são as imagens utilizadas. 

Não é mais segredo que o olho humano presta mais atenção em imagens e vídeos do que em textos. 

Portanto, assim como o layout, as imagens que compõem o documento do cabo de solda portas de aluminio sob medida devem ser selecionadas com cuidado. 

Ao mesmo tempo, tome cuidado para não promover “demais” seus produtos e serviços. 

Um dos fatores que podem prejudicar seu relacionamento com um cliente é fazer uma “promessa falsa”, ou seja, fazê-lo esperar por um produto melhor do que realmente é. 

Use recursos interativos 

Ao contrário dos catálogos físicos, os catálogos virtuais permitem ampla interação com o cliente da empresa de terceirização de serviços de limpeza. Portanto, são ferramentas muito mais dinâmicas e de fácil atualização. 

Além disso, outra boa prática é usar recursos interativos. Um pode direcionar o visitante para a compra assim que ele clica no produto.

Outra opção é adicionar captura de e-mail, que permite que seu público se cadastre na lista de e-mails para futuras comunicações.

Crie categorias separadas 

Se o objetivo do seu catálogo é exibir seus produtos, é uma boa ideia separá-los em categorias para facilitar a localização deles. Assim fica mais fácil para o cliente encontrar o que procura. 

Se você tem um negócio online, criar menus por categoria de produtos relacionados à cortinas automáticas é o ideal. 

Porém, se você pretende criar um arquivo PDF ou uma página separada para exibir os itens, organizá-los em um sumário também torna a visualização mais prática. 

Otimize o catálogo para buscadores 

Para que o material tenha uma boa classificação nos resultados de busca, é importante investir em otimização para mecanismos de pesquisa. 

Você pode fazer isso tentando entender o que seu público-alvo pesquisa no Google e como eles pesquisam. 

Dessa forma, é possível definir palavras-chave e trabalhar a sua lista virtual com base nelas. 

Fazendo isso, o catálogo tem mais chances de aparecer nos primeiros resultados do Google, criando assim mais visibilidade para sua marca.

Quais são os pontos positivos do catálogo online?

A verdade é que a internet e os computadores vieram pra ficar. Hoje em dia eles facilitam tudo, desde o consumo de informações até as etapas de montagem de painéis.

Abaixo você encontra explicações para a utilidade e acessibilidade dos catálogos online!

Inovação e integridade

Não dá para viver com tanta tecnologia e acompanhar, não é mesmo? Principalmente porque os clientes não vão manter os mesmos hábitos para sempre. 

O público já está acostumado com modelos digitais, plataformas de vendas, sistemas de entrega expressa e outros serviços tecnológicos. 

Portanto, se o seu negócio não acompanha o ritmo da modernização, pode ficar ultrapassado e não ser a primeira escolha da persona. 

Por outro lado, investir em um catálogo digital mostra o quanto seu negócio está alinhado aos novos tempos.

Melhora a experiência do cliente 

A possibilidade de fazer compras praticamente mudou a imagem daquele vendedor dedicado que faz de tudo para que o cliente compre seu produto. 

O catálogo digital permite ao cliente consultar as ofertas a qualquer hora e em qualquer lugar. Esta oportunidade encoraja decisões mais bem pensadas. 

Assim, a empresa deve adaptar-se às necessidades dos consumidores. A longo prazo, isso garante maior fidelização e satisfação a quem contrata suas avaliações ambientais.

Demanda menos gastos

Criar um catálogo digital é bem mais barato do que criar um catálogo físico. O catálogo físico inclui os preços de impressão, escolha do papel, serviço de diagramação e design.

Um catálogo digital, por outro lado, envolve apenas o design e o layout do material.

Se você precisar fazer alterações nos dados do catálogo, basta editar o documento original. O catálogo físico teria que ser reimpresso nesses casos.

Além de tudo isso, a ausência de material impresso reduz o impacto ambiental do seu negócio, o que é sempre bem-vindo.

É fácil de divulgar

Negócios que acontecem pela internet são divulgados na internet. Essa é uma máxima do mercado virtual.

Ou seja, não há necessidade de usar meios caros como outdoors, televisão e rádio para anunciar produtos.

Um trabalho de SEO bem feito pode zerar o investimento nessas estratégias e mesmo assim trazer clientes para o seu site.

Campanhas do AdWords, mídia social e muito mais têm custo-benefício incríveis.

Fica sempre disponível

24 horas por dia, 7 dias por semana: na internet, seus produtos estão disponíveis para seus clientes e potenciais clientes 365 dias por ano.

É o exato contrário de um catálogo impresso, que pode se desgastar com o tempo e não está disponível para o cliente quando ele precisa de informações sobre o produto.

Otimiza o tempo de compra

O cliente pode personalizar os catálogos digitais para que veja apenas as informações que deseja e tire os produtos que ele não tem interesse. 

Pesquisas de produtos, histórico de vendas e outras informações específicas da conta podem ser encontradas no iPad em segundos com apenas alguns cliques. 

Chega de ler um catálogo de dezenas de páginas. As ferramentas de gerenciamento de vendas móveis também permitem que o vendedor adicione notas, receba pedidos e até receba pagamentos instantaneamente.

Onde divulgar seu catálogo online?

Com o catálogo de produtos pronto, o próximo passo é divulgar o seu material para conseguir mais clientes e aumentar as vendas. 

Veja as melhores formas de fazer isso agora. 

Site 

O catálogo de produtos deve ser adicionado ao site da sua empresa para que todos possam encontrá-lo na internet com facilidade. 

Se o site também for uma loja online, as próprias páginas de navegação funcionam como catálogos online. 

Facebook  

O Facebook possui recursos que apresentam uma grande seleção de produtos online: o Facebook Marketplace. 

Para usar a ferramenta, uma loja deve ser criada por um Gerenciador de Negócios, onde o catálogo também pode ser copiado para o Instagram. 

WhatsApp 

O WhatsApp Business oferece uma ferramenta exclusiva para adicionar e promover seus produtos na conta comercial. 

Para usar esse recurso, você deve ter uma conta comercial no app e fazer upload das imagens do seu produto em Configurações > Ferramentas de negócios > Catálogo.

Texto originalmente desenvolvido pela equipe do blog Business Connection, canal em que você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.