Como impulsionar suas vendas com o uso do marketing digital

11/23/2021 Por companiaweb

Os empreendimentos comerciais relacionados ao varejo podem identificar o aumento das vendas com marketing digital, após o desenvolvimento de uma campanha publicitária abrangente e bem planejada.

Inclusive, com criatividade e bom senso, é possível empregar as ferramentas disponíveis em sites especializados, assim como diversas plataformas digitais e marketplaces por orçamentos mais flexíveis e com ações práticas em diversas mídias.

Com isso, podem ser explorados de maneira profissional:

  • Anúncios patrocinados;
  • E-mail marketing;
  • Redes sociais;
  • SEO (Search Engine Optimization).

Além disso, a tecnologia permite uma mescla entre o inbound marketing com o outbound marketing. Ou seja, atrair clientes para o mundo virtual utilizando materiais relacionados às mídias tradicionais, ações pagas e campanhas orgânicas, atraindo o usuário de forma passiva e ativa.

Para compreender as novas possibilidades desses cenários e da mescla das campanhas basta lembrar que muitas empresas estão divulgando um QR Code em anúncios de TV e páginas de jornais, permitindo o acesso a canais digitais para se aprofundar sobre determinado assunto ou efetivar a compra de um produto.

Esse tipo de propaganda permite maior interação entre empresa e público-alvo, proporcionando uma experiência inovadora e, em muitos casos, estreitando laços e aplicando o marketing de relacionamento. 

Estratégias do marketing digital para o varejo

Antes de continuar, é preciso lembrar que toda empresa precisa estar devidamente representada na internet. 

Um site corporativo, um blog para divulgação de notícias e novidades e a ocupação de redes sociais mantém uma marca, um produto ou um serviço relevante para o público, reforçando sua importância no imaginário da audiência.

Os hábitos dos consumidores estão mudando dia a dia, muito por consequência do avanço da tecnologia e das facilidades implementadas por equipamentos usuais, como aparelhos de TV com conexão à internet, tablets e computadores pessoais. 

Menção à parte, os celulares smartphones merecem um destaque especial, pois há milhões de pessoas que fazem uso desse tipo de aparelho. 

Para os empreendedores não poderia ser diferente e, por isso, o marketing digital deve estar dentro de um plano de negócios desde o princípio. 

As vendas em lojas físicas já competem em número com as compras realizadas em lojas virtuais, e-commerces, marketplaces e aplicativos dedicados, e até mesmo personalizados. Logo, as vantagens podem ser destacadas a partir de pontos importantes, como:

  1. Apresentação da marca ao consumidor

A concorrência em diversas áreas de atuação do comércio é alta. Seja uma loja de roupas e calçados, um restaurante, uma lanchonete ou uma pizzaria, uma padaria ou um supermercado. 

Para que o consumidor possa conhecer o que a empresa tem a oferecer, é preciso ter uma apresentação formal, e isso pode ser feito utilizando as ferramentas digitais disponíveis. 

  1. Divulgação de produtos e serviços pontuais

Após as devidas apresentações, podendo ser por meio de um site, uma rede social, ou mesmo um e-mail marketing enviado a uma lista de consumidores, é preciso apresentar um diferencial em meio à concorrência. 

Uma clínica de animais que oferece serviço de como fabricar velas em casa popular pode ser um atrativo que destaque entre os demais, atraindo tutores que precisam de cuidados para os bichinhos de estimação.

Ou seja, é preciso divulgar os produtos que a empresa oferece, seus diferenciais e até custos para que a marca possa ficar conhecida no mercado. 

O valor dos serviços e produtos podem ser os praticados pelo mercado, mas com um atendimento especializado e uma equipe devidamente treinada também servem como divulgação. 

Isso pode fazer parte do inbound marketing, quando o cliente fidelizado faz uma postagem na própria rede social incentivando amigos e familiares para conhecerem a empresa.

  1. Posicionamento da marca como autoridade no assunto

O investimento em uma campanha publicitária abrangente ajuda no aumento de vendas, e vai além. A implementação de um planejamento incluindo o marketing de conteúdo pode tornar a empresa uma autoridade sobre o assunto ao qual está associada. 

Isso significa que um e-commerce mantém um blog sempre atualizado e com novidades que vão chegar ao mercado, podendo ser o centro das atenções dos consumidores interessados nesse tipo de produto. 

Caso seja uma loja virtual preocupada com o meio ambiente e disponibilize projetos de automação industrial simples para os clientes B2B, estará atendendo um nicho de mercado que cresce cada vez mais e apresentará os valores da marca, o que também atuará na atração e fidelização de outros nichos de clientes.

Sendo assim, é preciso estar atento às oportunidades sobre o assunto a ser tratado dentro do marketing de conteúdo. Para isso, a criação de uma persona que se identifique com o público ajuda na construção da autoridade.

Aqui também é possível explorar o SEO com palavras-chave que ajudam a melhorar o posicionamento do site na plataforma de buscas. 

Assim, a relevância se torna maior quando uma pesquisa é feita e se apresenta como a solução para internautas que ainda têm dúvidas sobre os produtos e serviços disponíveis. 

  1. Esteja um passo à frente da concorrência

Em uma sociedade cujo consumo está relacionado a diversos aspectos da vida, como se alimentar, se vestir e ter uma moradia, a economia permite uma competição saudável entre empresas. 

O que diferencia uma da outra pode ser determinante para a escolha final de compra. Pode ser o preço, a marca de determinado produto facilmente disponível, ou mesmo o atendimento, seja virtual, seja presencial. 

Por isso as empresas precisam estar à frente dos concorrentes, mantendo todos os canais digitais à disposição, com um ar condicionado para restaurante devidamente instalado e funcional. 

Dessa forma os atendentes estarão sempre à disposição para tirar dúvidas ao longo da jornada de compra.

A implementação de novas tecnologias está associada à manutenção de um site responsivo, com navegação agradável e dinâmica.

Para isso, a loja virtual deve ser leve, apresentar os produtos e serviços de forma facilitada, com os preços disponíveis para não gerar nenhuma margem de dúvida.

Portanto, estar à frente da concorrência exige investimento tanto no marketing digital quanto nos equipamentos que permitem esse tipo de trabalho. 

  1. Mantenha uma comunicação direta com o cliente

Para aumentar as vendas de um empreendimento comercial, é preciso estar sempre atento aos anseios e necessidades dos consumidores. 

O proprietário de um salão que trabalha com alisamentos, por exemplo, precisa fazer o orçamento de qual a melhor escova progressiva para cabelos afros, o mesmo pesquisará, invariavelmente, em uma plataforma de buscas, ou mesmo nas redes sociais. 

Os equipamentos necessários devem ser apresentados pelas empresas interessadas em prestar o serviço, mas não podem parar por aí. 

É preciso ter um cuidado com a pós-venda, seja enviando e-mail marketing apresentando as novidades relacionadas à segurança imobiliária, ou para a substituição de equipamentos que podem apresentar defeitos com o passar do tempo, bem como os serviços de vistoria e manutenção que podem ser necessários. 

  1. O poder das redes sociais está ao alcance

A partir da década de 2010, um fenômeno da internet passou a ocupar o tempo dos usuários, denominado “redes sociais”. 

Uma plataforma digital utilizada, primeiramente, para reunir familiares e amigos, se tornou um meio de alavancar os negócios e fazer a divulgação de marcas, produtos e serviços para um grande número de pessoas.

Tudo isso com uma vantagem essencial para as empresas: um custo baixo associado à possibilidade do marketing boca a boca alcançar um grande público. 

Atualmente, há diferentes redes sociais à disposição, com funções e finalidades distintas, porém toda empresa precisa ocupar o espaço, impedindo que a concorrência o faça antes. 

Se as seguradoras de veiculos em curitiba não divulgarem os produtos que podem fazer parte de uma área de lazer residencial, os proprietários de imóveis podem ficar sem conhecer a loja e ambos perderem uma oportunidade de negócio.

Dessa forma, o planejamento de marketing digital precisa implementar estratégias que possam ser disponibilizadas nas redes sociais em forma de imagens, fotos, vídeos e até mesmo podcasts. 

Aqui vale ressaltar a necessidade do bom senso, pois um serviço de torneiro mecanico pode expor os serviços disponíveis, mas deve zelar pelos pacientes atendidos e a informação ao paciente, antes mesmo de uma publicidade.

Portanto, nem sempre é possível solicitar um depoimento ou uma entrevista para a plataforma de vídeos e as ações precisam considerar os limites impostos pelos órgãos reguladores de cada setor.

  1. Influenciadores digitais com público concentrado

Outro destaque que vale ressaltar quando se trata das redes sociais está relacionado aos influenciadores digitais. 

Na prática, os influenciadores são pessoas que possuem autoridade para falar sobre determinados assuntos e podem ser contratados para falar sobre produtos e serviços de forma específica, visto que apresentam gostos e hábitos que se relacionam e atraem um nicho/comunidade específica.

Um engenheiro mecânico que sabe falar sobre porta blindada residencial preço tem autoridade para falar em uma rede social de uma fábrica que produz esse tipo de material. Ou mesmo para uma loja de assistência técnica. 

Outra possibilidade que se adaptou à internet foi o marketing viral. As frases de efeito de um comercial de rádio e televisão, quando caem no gosto do povo, se tornam virais e passam a fazer parte do vocabulário, ao menos por um tempo. 

Na internet a propaganda de um piso para frigorifico pode ser adaptada para qualquer outra localidade, desde que tenha a impressão viral, que seja criativa e se encaixe na rotina da população.

Conclusão

O aumento das vendas pode não acontecer da noite para o dia. Porém, é necessário acompanhar algumas métricas do mercado para identificar os números, por meio de indicadores de desempenho, entre os quais:

  • Ciclo de vendas;
  • Custo por aquisição;
  • Taxa de Fechamento;
  • Ticket Médio.

Esses indicadores ajudam a preparar o planejamento de vendas, apontando para a equipe de vendas as metas a serem batidas. 

Assim, as vendas podem aumentar de forma considerável e segura, lembrando que, sempre importante, o setor de marketing aplique as estratégias corretas para que o público seja atraído de maneira correta, pois são parte essencial de todo o projeto de um empreendimento comercial.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Business Connection, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.