Independente de quais sejam os seus objetivos de vida, é preciso que, para alcançá-los, o planejamento do seu futuro financeiro seja feito agora. Confira dicas para se preparar e tenha uma vida mais tranquila!

Como você pensa que será o seu futuro? Acredito que almeja que ele seja financeiramente estável, tranquilo e confortável, sem muitas preocupações e com bastante lazer, viagens e patrimônios próprios conquistados. Acertei?

 

No entanto, você pensou de que maneira conseguirá uma vida futura tranquila? Será com uma aposentadoria pública ou com uma previdência privada? Ou como conquistará seus bens materiais? Investindo ou poupando?

 

É preciso responder a perguntas como essas, pois, pensar no futuro não é só imaginar como você gostaria que ele fosse, mas sim em como tornar isso possível, se planejando, poupando e investindo da maneira correta.

 

Para te ajudar, entenda agora qual a importância de planejar o seu futuro financeiro e aprenda como dar os primeiros passos. Boa leitura!

Qual a importância de planejar o seu futuro financeiro?

Se ainda não está convencido (a) da importância de planejar o seu futuro financeiro, continue a sua leitura e confira algumas razões para que você comece a planejar-lo o quanto antes:

Para não ficar endividado

É sabido que a vida do trabalhador no Brasil não é fácil e, muitas vezes, as dívidas são quase que inevitáveis e não há oportunidade de planejamento, porque é questão de sobrevivência.

 

No entanto, a falta de controle sobre os seus recursos financeiros também é uma das principais causas do endividamento de grande parte dos brasileiros e, o planejamento do futuro financeiro é o primeiro passo para evitar o endividamento, principalmente a longo prazo.

 

Sem controle estrito do orçamento, é muito mais fácil se comprometer com dívidas que serão difíceis de serem quitadas e dessa forma seu dinheiro fica a mercê dessa ciranda complicada de se parar.

 

E cá entre nós, ninguém quer se imaginar pagando dívidas sobre dívidas no futuro, não é mesmo?

Para alcançar os seus objetivos

Como dito anteriormente, não importa quais são os seus objetivos. Pode ser viajar pelo mundo ou comprar um rancho no interior, a questão é que, para que essas metas a longo prazo sejam alcançadas, é preciso que você se planeje.

 

Quando você faz um planejamento do seu futuro financeiro, sabe com mais clareza aonde quer chegar e qual o caminho tomar. Plagiando Alice no País das Maravilhas “Se você não sabe para onde quer ir, qualquer caminho é válido”.

 

Esse planejamento será o seu mapa, com metas traçadas que precisarão ser alcançadas para que você conquiste seus objetivos. Mas, pense que esse mapa pode ser adaptável, pois às vezes ajustes serão necessários sempre que novos objetivos surgirem.

Para ter um futuro tranquilo

A aposentadoria é uma época em que todos merecem ter paz e descansar da vida de luta que tiveram. Além disso, não é sempre que todos conseguem chegar na melhor idade com a saúde e disposição que gostaríamos e, por isso, o futuro precisa ser tranquilo.

 

No entanto, não é nenhuma novidade que agora as aposentadorias oferecidas pela Previdência Social são inseguras e não garantem recursos financeiros capazes de proporcionar um padrão de vida confortável.

 

Logo, essa é uma das principais razões para que você planeje seu futuro financeiro e não fique à mercê de todas as dificuldades de um futuro incerto e injusto, capaz de transformar a melhor idade na pior idade.

Como planejar o seu futuro financeiro?

Suponho que não haja mais dúvidas sobre a importância de planejar o seu futuro financeiro, mas, talvez você ainda não saiba por onde começar.

 

Para resolver isso, separamos 3 dicas que resumem o que precisa ser feito para que o seu futuro financeiro seja exatamente como você pensou:

Defina metas a curto, médio e longo prazo

Para começar, é preciso que você separe suas metas por categorias de curto, médio e longo prazo. Depois, defina os períodos de cada meta, exemplo: Curto prazo – 1 ano; Médio prazo – de 1 à 10 anos; Longo prazo – períodos maiores que 10 anos.

 

Isso funciona porque ajudará você a definir por quanto tempo você aplicará o dinheiro necessário para a realização de cada objetivo, facilitando com que cada meta seja encaixada nas alternativas financeiras mais adequadas para cada período.

 

Comece uma reserva de emergência

Antes de começar a busca pela realização dos seus grandes sonhos, é necessário que você assegure a sua tranquilidade (até mesmo para o presente). Nesse sentido, uma reserva de emergência é fundamental.

 

Essa reserva ajudará caso um acontecimento inesperado impossibilite você de se sustentar. Desemprego, doença, aposentadoria insuficiente, são alguns exemplos de situações que você precisará de dinheiro extra para suprir suas necessidades.

Pesquise o investimento ideal

São inúmeros os produtos financeiros disponíveis no mercado, mas antes de escolher um deles, você precisa escolher uma instituição financeira. Comece pesquisando pelo seu banco, mas se quiser mais opções, busque por outras instituições e escolha uma que esteja regulamentada.

 

Depois, você deve analisar cada tipo de investimento – você pode investir em ações, títulos de renda fixa, previdência privada, entre outros. Você só precisa descobrir qual se adequa melhor ao seu perfil e aos seus objetivos.

 

Para encerrar, conquistar um bom futuro financeiro requer disciplina para seguir o planejamento e, por mais complicado ou difícil que possa parecer, a recompensa nesse caso é garantida.

 

Pense sobre seu futuro financeiro com carinho. E reflita sobre como ele pode ser difícil se você não se preparar. Pense em tudo que você leu aqui. Mas não fique só pensando, o futuro costuma chegar mais rápido do que imaginamos.