Entenda quais são as melhores KPIS para Trade Marketing

Entenda quais são as melhores KPIS para Trade Marketing

Dentro do mercado B2B (Business To Business), em que são realizados negócios entre empresas, para se manter à frente da concorrência, muitas acompanham os KPIS para Trade Marketing, isto é, indicadores-chave de desempenho nos diferentes canais de distribuição.

Os principais KPIs para Trade Marketing servem como base de diferentes estratégias de divulgação dentro do varejo. 

As empresas precisam definir as metas SMART de KPIs para Trade Marketing, sendo elas:

  • Specifics – Específicas;
  • Measurables – Mensuráveis;
  • Achievables – Alcançáveis;
  • Realistics -Realistas;
  • Time-bound – Temporal, ou Oportunas.

Para isso, é preciso aplicar ferramentas de medição no lugar de maneira correta, junto a uma equipe de marketing que possa mapear todo o progresso, tendo como base a previsão de metas e a realização de benchmarks ao longo do tempo.

Decidir quais os KPIs para Trade Marketing são importantes para uma empresa, é preciso pensar em um plano amplo, desde as conversões de leads, ou seja, os clientes em potencial, até a receita anual. 

Ainda assim, há outros KPIs para Trade Marketing que podem ser combinados entre métricas online e offline.

Quando analisados em conjunto, os profissionais de marketing podem obter resultados que permitem expandir estratégias omnichannel, dentro do escopo de abrangência do B2B para uma empresa que trabalha com certificado de conformidade inmetro voltado às indústrias. . 

Os dados podem ser aplicados, de maneira segura, em ajustes e personalizações para futuras campanhas publicitárias. 

Com uma quantidade ampla de dados rastreáveis, os KPIs para Trade Marketing envolvem o ROI (Return Over Investment), ou seja, o retorno sobre investimento, tráfego digital e de pedestres, tamanho do carrinho, reconhecimento da marca e envolvimento no corredor.

A importância dos KPIs no Trade Marketing

O significado dos KPIs para Trade Marketing, a princípio, está na ajuda sobre o planejamento de negócios e na tomada de decisões, ainda mais quando orientado por dados. 

Com a facilidade sobre a captação de dados, fica mais fácil promover reformas, ajustes e perceber oportunidades, desde o setor de marketing até as vendas em si.

Os KPIs para Trade Marketing apresentam dados brutos de um escritório de Adm condominial, que devem ser refinados e levar a insights que ajudam a melhorar o planejamento de negócios, colocando a empresa à frente dos concorrentes. 

Outro fator importante é que as métricas de KPIs para Trade Marketing podem ajudar a prever tendências futuras, evitando contratempos dentro de um mercado consumidor volúvel e uma economia, nacional e internacional, em constante ebulição.

Dessa forma, os KPIs para Trade Marketing auxiliam na alocação de orçamento, a partir da combinação de métricas que apontam onde vale a pena investir, e o que pode ser descartado. 

Assim, é possível identificar campanhas de marketing que apresentam melhor desempenho, com o objetivo de alocar orçamentos em determinadas áreas para expandir os esforços. 

Como definir KPIs de Trade Marketing

A aplicação de KPIs para Trade Marketing ajuda empresas de serviços de manutenção de eletrodomésticos a expor medidas quantificáveis, ou seja, estas podem ser usadas para a avaliação do desempenho publicitário em relação a metas e objetivos previamente definidos. 

De forma simplificada, os KPIs para Trade Marketing informam sobre o desempenho de uma campanha publicitária, a qualidade dos leads e o desempenho de estratégias significativas para a divulgação em geral no setor B2B. 

Quais são as melhores KPIs para Trade Marketing?

Cada empresa apresenta características próprias, além de executar campanhas de marketing de acordo com o setor em que está envolvida.

Dessa forma, os KPIs para Trade Marketing podem variar de forma significativa entre uma empresa e outra e, por isso mesmo, é importante conhecer as principais métricas que podem ser colocadas em prática por uma organização. 

  1. Tráfego do site

Embora o tráfego do site não seja uma métrica precisa, isto é, não impacta diretamente na saúde financeira da empresa, ainda assim, sob a perspectiva do marketing, é um dos KPIs para Trade Marketing que devem ser rastreados. 

Esse indicador-chave de desempenho mede o número de visitantes que a empresa recebe no site por meio de plataformas sociais, métodos orgânicos e inorgânicos. 

Ou seja, o SEO (Search Engine Optimization), a otimização do motor de busca, utilizando palavras-chave, e os anúncios pagos, interferem no tráfego do site. 

  1. Taxa de cliques

A taxa de cliques refere-se à porcentagem de impressões a partir de build linking, ou mesmo guest posts, que direcionam para uma página do site de um escritório de Empresa de elevadores ou uma empresa. 

Como métrica, o CTR (Click Through Rate) informa o quão bem o público repercute com anúncios, ou quaisquer outras campanhas de marketing em desenvolvimento. 

  1. Taxa de conversão de MQL para SQL

O MQL (Marketing Qualified Leads) são leads que demonstram interesse em um produto ou serviço para serem considerados qualificados, mas não o suficiente para ser um SQL (Sales Qualified Lead).

Voltado para o mercado B2B, esse KPI é interessante por causa dos ciclos de vendas mais longos, e as decisões de compras passam por diferentes etapas e tomadas de decisão corporativas. 

  1. Taxa de conversão de lead para fechamento

Gerar leads de qualidade é importante para toda empresa, mas convertê-los em cliente é um conceito completamente diferente. 

A taxa de conversão de lead para fechamento é a porcentagem de clientes em potencial que realmente fazem negócios com uma empresa. 

  1. Taxa de rejeição

A taxa de rejeição está relacionada ao número de pessoas que visitam um site, mas desistem da compra no meio do caminho. 

Dentre os KPIs para Trade Marketing, é importante mensurar para entender se há páginas quebradas, ou campanhas direcionadas para público que não tem interesse nos produtos e serviços. 

  1. Inscrições de e-mail

O e-mail ainda é uma ferramenta importante no setor B2B, o que mostra a relevância dentre os KPIs para Trade Marketing quanto às inscrições em boletins informativos sobre serviços de topografia são paulo e região. 

Conforme as inscrições de e-mail aumentam, o número de visitantes tende a subir e, mesmo que seja uma métrica simples, ter uma lista de e-mail confiável é essencial para os negócios. 

  1. Valor vitalício do cliente

Outro dos KPIs para Trade Marketing significativos no setor B2B é o valor da vida útil do cliente, que mede a receita gerada por clientes de forma individual, ao longo do relacionamento com uma empresa. 

  1. Receita Recorrente Mensal

Este KPI mede a receita previsível que espera gerar todos os meses a partir de um modelo de assinatura ou vendas diretas.

A receita média por conta é uma métrica crucial para calcular a RRR, em que pode-se calcular a partir da receita média gerada, sendo dividida pelo total de clientes dentro de um mês.

  1. ROI de marketing e ROAS

O alto investimento em marketing precisa apresentar um retorno positivo, seja em leads, clientes, lucros ou melhoria de qualidade. 

O ROI observado nos KPIs para Trade Marketing mede, de maneira específica, o retorno sobre o investimento voltado para a publicidade de uma empresa de  elevador para deficiente, ou qualquer outro lugar..

De forma simples, se compara a quantidade de capital financeiro que se investe em marketing com o valor de retorno com isso. 

No caso do ROAS (Return On Advertising Spend), ou retorno sobre gasto publicitário, ele mede o valor da receita que uma empresa ganha em relação a cada valor investido em publicidade. 

Embora ROAS e ROI se pareçam, ambos possuem características próprias. 

O ROI é uma métrica voltada à lucratividade sobre os esforços gerais de marketing, podendo incluir outras despesas operacionais, como remunerações e ferramentas empregadas. 

Em se tratando de ROAS, é específico sobre o retorno de gastos com anúncios publicitários, o que permite descobrir quais campanhas publicitárias são bem-sucedidas, e se a exibição de propaganda vale todo o custo. 

  1. Custo por clique

O CPC (Custo Por Clique), é um KPI que mede o número de visitantes direcionados a um site após o clique em um anúncio publicado. 

Na verdade, é um modelo de publicidade em que o anunciante que faz consertos de televisão paga a portais, plataformas de busca e outros sites pelo número de vezes em que um anúncio recebe um clique. 

Logo, o número de visitantes recebidos incide no número de cliques sobre um anúncio, o que resulta no CPC.

Conclusão

As métricas de KPIs para Trade Marketing devem ser verificadas continuamente, seja de forma semanal ou mensal, para valorizar os locação de ambulância de uma empresa. 

O acompanhamento dos números ajuda no fornecimento de dados necessários para melhorar os trabalhos, permitindo que se implemente ajustes quando uma campanha não parece estar funcionando. 

Aliás, é preciso disponibilizar as métricas para todos da equipe de marketing e de vendas pois, com essa ação, é possível fornecer informações sobre o desempenho quanto aos esforços empregados na rotina de trabalho. 

O objetivo geral dos KPIs para Trade Marketing, por fim, está em adquirir clientes e aumentar a receita da empresa, mesmo que seja programado para médio e longo prazo. 

O rastreamento, a revisão e a melhoria das métricas de KPIs para Trade Marketing podem ajudar as equipes a atingir o sucesso de forma segura, além de conhecer bem o público-alvo e competir em melhores condições sobre a concorrência.

Texto originalmente desenvolvido pela equipe do blog Business Connection, canal em que você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.