Metas SMART: saiba o que são!

Metas SMART: saiba o que são!

Várias empresas, assim como diversas pessoas, sabem da importância de se propor metas, com frequência, para que seja possível alcançar os objetivos mais facilmente. As Metas SMART podem ser responsáveis por uma série de benefícios e merecem atenção.

metas smart

Definir metas pode até parecer ser uma tarefa simples. No entanto, exige que se tenha estudo, observação e planejamento. Dentro de uma companhia, isso é ainda mais necessário e urgente.

De modo geral, as empresas estão sempre em busca do aumento de produtividade da sua equipe, ao mesmo tempo em que desejam melhorar as suas estratégias internas de organização. 

Uma companhia especializada em terceirização de copeira, por exemplo, pode conquistar mais clientes e ampliar as suas unidades se houver antes um planejamento efetivo para esse tipo de ação. 

É aqui que entra a necessidade de planejamento de metas. Afinal, com elas, é possível ter maior probabilidade de sucesso em uma definição de planejamentos assertivos, assim como na melhoria de resultados, no crescimento da produtividade e em outros pontos. 

Por isso, qualquer gestor sabe que, dentro de uma rotina corporativa, tal como acontece em uma rotina pessoal, é o ato de estabelecer objetivos que faz com que a base para alcançar o sucesso seja possível. 

De fato, saber onde se quer chegar é um passo necessário para desvendar o caminho e vencer obstáculos, justamente para que cada ação seja tomada no processo para concretização das metas.

O método SMART é uma chave de sucesso para isso. Neste artigo, o leitor poderá entender o que são as metas SMART, quais as vantagens delas, a importância, como pode ser aplicada e conhecerá dicas de como defini-las.

O que são as metas SMART?

Assim como um projeto ar condicionado central, as metas SMARTS podem ser consideradas um projeto. De fato, elas se tratam de uma abordagem de gestão de projetos e de planejamento de negócios. 

Por isso, são objetivos específicos, alcançáveis, mensuráveis, relevantes e possuem prazo definido. A junção de todos esses elementos é o que faz com que elas sejam ferramentas eficazes para atingir o objetivo. A palavra SMART é dividida em:

  • S – Specific;
  • M – Measurable;
  • A – Achievable
  • R – Relevant
  • T – Time-bound.

A letra S corresponde ao termo específico. Na prática, ele diz que o objetivo deve ser específico, justamente para que seja possível entender o que se quer alcançar e como se pode chegar lá. É preciso dividir metas em tarefas e em objetivos menores gerenciáveis. 

Já a letra M corresponde ao termo mensurável. Isso quer dizer que o objetivo deve ser mensurável, para que a empresa consiga acompanhar o progresso dele e alinhar sua estratégia quando precisar. Para isso, é preciso ter dados mensuráveis. 

O termo atingível, correspondente à letra A, é o de alcançável. Isso significa que o objetivo deve ser realista e estar ao alcance. Para isso, deve-se considerar habilidades, recursos e tempo disponível, para que a meta seja atingida mesmo diante de restrições. 

A letra R, de relevante, diz que o objetivo deve ser relevante, ou seja, que deve estar alinhado com a estratégia geral, para que faça sentido buscá-lo. Deve-se considerar, aqui, os motivos pelos quais a meta é importante, e como ela pode ajudar na visão geral. 

Por fim, a letra T corresponde a temporal, o que quer dizer que é preciso estipular um prazo, de modo que os esforços sejam concentrados e que exista um senso de urgência. Para isso, definir uma data e dividir as etapas e tarefas em prazos é fundamental. 

Tudo isso pode ser essencial para uma companhia que trabalha com divisória de vidro com persiana embutida, como para uma agência de marketing. Afinal, estabelecer metas e se organizar para cumpri-las é o caminho mais efetivo para o sucesso. 

Quais as vantagens das metas SMART? 

Depois de entender a definição de metas SMART, é interessante também conhecer as principais vantagens que elas são capazes de trazer para uma companhia. De modo direto, é possível mencionar três delas. 

A primeira se trata do aumento da produtividade. Isso porque ao deixar uma meta mais clara e até fazer a divisão de tarefas ajuda cada integrante da equipe a se situar melhor, tornando o processo mais eficiente. 

De fato, se um funcionário de uma gráfica sabe que ele é responsável pela área de banner de fachada de loja, por exemplo, certamente a sua rotina se tornará mais produtiva, uma vez que ele sabe exatamente o que precisa fazer. 

A segunda vantagem é a de que isso aumenta o foco. Ter a devida consciência sobre o que é preciso fazer é um passo importante para que cada colaborador foque naquilo o que lhe é devido, podendo assim auxiliar na execução de tarefas específicas. 

Já a terceira vantagem é a de facilitação da aplicação de feedbacks. Com metas claras, é possível dizer de modo mais assertivo onde cada profissional precisa ajustar as suas competências, tornando o trabalho mais rápido e eficiente. 

Qual a importância e como aplicar as metas SMART?

Levando em consideração que as metas SMART são ferramentas capazes de transformar desejos e ideias em objetivos realistas e concretos, é possível dizer que a importância delas é ajudar no foco e na produtividade, seja de empresas ou de pessoas. 

Isso porque esse método ajuda qualquer indivíduo a traçar um norte para definir os seus objetivos, de modo que alcançá-los se torna uma ação perfeitamente provável e possível. 

Também vale a pena dizer que as metas SMART possibilitam o monitoramento do processo, assim como faz com que ajustes sejam aplicados quando necessário, para que os objetivos sejam cumpridos dentro do prazo desejado. 

Não à toa, a metodologia é amplamente utilizada nos mais variados contextos, indo desde a aplicação em planejamentos pessoais, até em planejamentos empresariais e em gestão de projetos de diferentes frentes. 

Isso porque, da mesma forma que uma máquina de cortar couro ajuda a deixar o processo mais rápido e eficiente, as metas SMART ajudam na visão concreta e clara das metas, o que faz com que o objetivo seja atingido com mais facilidade. 

Sendo assim, a forma mais evidente de aplicação das metas SMART é definir um objetivo que seja específico e, que dali um tempo, possa ser mensurável. Além disso, é essencial que possa ser alcançável, que seja relevante e que tenha um prazo para acontecer. 

Ou seja, utilizar a estrutura da metodologia é fundamental para que ela possa ser aplicada nos mais diversos objetivos, seja ele o de abrir uma fábrica de uniforme para cozinha industrial ou o de comprar um imóvel. 

3 dicas de como definir metas SMART

Agora, é preciso entender como definir as metas SMART na prática. Com as dicas a seguir, é possível ganhar maior domínio sobre o método, o que ajuda na realização dele com maior eficiência. 

1. Definindo objetivos específicos e mensuráveis

Para definir objetivos específicos, a dica é se guiar por algumas perguntas simples, mas que podem ser essenciais para o processo. Assim, é preciso responder o que se espera alcançar com a meta definida. 

Além disso, é necessário entender os motivos pelos quais ela é importante. É também preciso saber quem será responsável por ela e onde serão realizadas as ações e de que forma ela será alcançada.

Já sobre as metas mensuráveis, é preciso ter em mente três questionamentos fundamentais. O primeiro deles é saber quais resultados serão esperados a partir da meta estipulada. 

Depois, também é indicado que se saiba como o resultado pode ser mensurado e em quanto tempo ele pode ser alcançado. 

3. Definindo metas atingíveis e relevantes

Quando o assunto é estipular metas atingíveis e relevantes, como uma renovação de cnh simplificada, a dica é considerar pontos como o aspecto financeiro, a estrutura para a realização da meta, a opinião de todos os envolvidos e as tentativas anteriores.

Também é indicado que se pese elementos os impactos que serão causados, o momento em que se está atualmente e as prioridades que precisam ser ajustadas em função dessa nova meta.

4. Definindo metas temporais

Por fim, definir uma meta temporal exige um lado mais prático. Isso porque é indicado que se utilize recursos para ajudar no processo, sendo eles a informação e uma planilha ou software para registro. 

Assim, tal como em um plano funerário com jazigo, ter todas as informações devidamente esclarecidas e os pagamentos registrados, a definição de metas temporais exige organização e acompanhamento de perto. 

Com essas dicas, é possível construir metas SMART perfeitamente alcançáveis, que podem garantir o sucesso dos próximos anos com base na realidade, na organização e na relevância.

Considerações finais

Ter metas claras é o caminho mais fácil para o sucesso. Afinal, quando se sabe para onde se está indo, todo o processo se torna mais eficiente e produtivo. 

As metas SMART podem ser essenciais para pessoas e para empresas. Por isso, é possível contar com a estrutura dessa metodologia para conquistar metas e objetivos com tranquilidade e sabedoria. 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.