O mais importante sobre perfumes: fragrâncias e notas

O mais importante sobre perfumes: fragrâncias e notas

É realmente difícil saber sobre perfumes. Ou, pelo menos, realmente “conhecer” sobre perfumes. Embora isto envolva anos de contato com diferentes fragrâncias e um nariz atento, muitas das informações que o produto te passa podem ser explicadas.

É por isto que hoje você verá um guia rápido para ajudar você, a saber o mais importante sobre perfumes. Aprenda como mantê-lo sintético, se concentrando nos dois aspectos fundamentais que você precisa conhecer: as famílias de fragrâncias e as notas. Dessa forma, você também será capaz de reconhecer os melhores perfumes masculinos importados sem nem mesmo precisar cheirá-los.

O mais importante sobre perfumes: as fragrâncias clássicas

Vamos começar o mais importante sobre perfumes com os clássicos: as fragrâncias florais. Essas são algumas das primeiras a serem inventadas, o que as torna tão diversas e variadas quanto às flores das quais são extraídas e é uma das coisas consideradas o mais importante sobre perfumes.

Os aromas florais mais populares tendem a ser doces e geralmente são rotulados como perfumes “femininos” (embora qualquer pessoa possa usá-los).

Por outro lado, um tipo mais masculino de fragrância é o amadeirado, que vem da extração da casca de árvores, como o âmbar e o patchouli. Elas possuem um aroma robusto, porém elegante, o que as torna uma escolha comum para eventos formais ou uso diário. 

Tradicionalmente, são consideradas fragrâncias voltadas para o público masculino, sendo os melhores perfumes masculinos importados.

Por fim, as fragrâncias cítricas giram em torno de aromas como tangerina e limão. Esses aromas costumam ser associados a uma sensação de limpeza e vitalidade e são comuns em perfumes criados para a temporada primavera-verão. 

Geralmente não estão ligados a um gênero específico, sendo um dos poucos perfumes tradicionalmente unissex. Essa é a primeira parte sobre o mais importante sobre perfumes.

As fragrâncias modernas 

fragrâncias modernas gourmand
https://www.pexels.com/pt-br/foto/frasco-de-vidro-transparente-em-papel-branco-3910071/

A primeira das fragrâncias modernas é a gourmand. Ela está intimamente relacionada ao sentido do paladar, apresentando aromas que nos remetem a sobremesas, como baunilha, canela ou cacau.

Como você deve ter imaginado, isso as torna especialmente populares nas estações mais frias. Nessas estações, qualquer aroma que nos leve para casa costuma ser muito apreciado. Da mesma forma, essa doçura não os torna muito usados em climas mais quentes.

Por outro lado, existem os frutados. Elas são tão amplas quanto os florais, contendo frutas como cereja ou framboesa. Muitas usam componentes sintéticos para capturar os aromas de determinadas frutas. 

Embora muitas pessoas tenham preconceito contra os produtos artificiais, eles abrem a possibilidade de se aproximar mais dos cheiros reais do que se poderia conseguir usando as próprias frutas. 

Há décadas, a má reputação dos aromatizantes artificiais está sendo combatida por estratégias bem planejadas na Web.

Por fim, chega-se a uma categoria de fragrâncias que capta a essência da modernidade: as aquáticas. O nome pode parecer incomum, mas é apropriado. Elas não se concentram em imitar aromas específicos da realidade, mas sim em evocar imagens da praia e da água como conceitos. Esse afastamento das fragrâncias que representam objetos concretos é uma característica comum de muitas fragrâncias modernas.  

As notas

As fragrâncias de um perfume não aparecem ao mesmo tempo. Isso seria um caos no qual seria difícil apreciar todas as suas nuances. Pelo contrário, qualquer perfume tem momentos distintos em sua duração, nos quais algumas de suas fragrâncias se destacam mais.

Essas são as chamadas notas. Existem três tipos: notas de abertura, notas médias e notas de topo.

As notas de abertura são a primeira coisa que você sente quando coloca o perfume. Elas são as mais fortes e geralmente duram pouco tempo (cerca de duas horas). Você poderia chamá-las de “o cartão de visitas do perfume”.

Depois que as notas de abertura “evaporam”, vêm às notas médias. Pedimos desculpas se houver algum físico ou perfumista entre nossos leitores, mas deixaremos de lado o fato de que o termo exato não é “evaporação” e continuaremos explicando as notas médias.

As notas médias são as fragrâncias do perfume que duram mais tempo em um bom nível de intensidade. Elas são o “coração do perfume”. Nelas, ainda existem alguns traços das notas de abertura e, quando esse estágio terminar, haverá um traço delas no próximo estágio: as notas de fechamento.

Por fim, as notas de saída são as últimas a evaporar. Em geral, elas são o cheiro que podemos sentir em nossas roupas no dia seguinte, ou o cheiro que deixa em outros objetos ou pessoas em contato muito próximo.

Agora você já sabe o mais importante sobre perfumes. Até a próxima!


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.