O que é criptografia de dados?

O que é criptografia de dados?

É cada vez mais indiscutível o fato de que as empresas precisam proteger os seus conteúdos. Diante disso, surge um recurso, chamado de criptografia, que promete oferecer maior segurança aos dados de uma companhia. 

Em diversas ocasiões, as informações enviadas por e-mail dentro de uma empresa são confidenciais e, por isso, demandam uma proteção extra, como um modo de evitar ataques cibernéticos que roubem esse tipo de conteúdo. 

Sendo assim, cada vez mais companhias, como uma portaria virtual são paulo ou um escritório de advocacia, investem em formas de tornar o compartilhamento desses dados mais seguro, optando por utilizar a criptografia.

Neste artigo, é possível entender mais sobre o assunto, sabendo o que é de fato a criptografia, como ela funciona e quais são os seus tipos, de modo que seja possível compreender melhor o quanto ela é cada vez mais necessária. 

O que é criptografia de dados e como funciona?

De maneira prática, é possível definir a criptografia como um tipo de proteção que vai além da senha. Sendo assim, apenas quem possui-la, juntamente com o algoritmo, pode acessar um determinado conteúdo. 

Sendo assim, a criptografia é responsável por fornecer uma comunicação segura quanto existe a presença de terceiros ou de pessoas má-intencionadas. O seu processo principal é transformar um texto simples em um texto codificado. 

Por isso, uma empresa de manutenção ar condicionado portátil, por exemplo, pode utilizar a criptografia para tornar as suas informações mais seguras. Isso porque esse recurso tem várias funções, tais como:

  • Integridade de informações;
  • Disponibilidade de dados;
  • Confidencialidade;
  • Autenticação de remetentes e destinatários.

Diante disso, o funcionamento da criptografia se dá pelo uso de um algoritmo, que transforma um texto de entrada simples em um codificado que deve utilizar a mesma chave. 

Para que o algoritmo seja considerado seguro, o invasor não pode conseguir determinar nenhuma propriedade do texto simples, ou, ainda, da chave daquele texto que foi cifrado. 

Com isso, quando ocorre a comunicação de um servidor com um cliente, é possível prevenir que invasores tenham acesso aos dados que estão contidos ali. Inclusive, é interessante mencionar que as proteções se dão por protocolos criptográficos, como o SSL/TLS.

A criptografia também é capaz de proporcionar maior proteção de dados em repouso, como os que estão armazenados em disco, o que ajuda a evitar a divulgação confidencial em caso de roubo ou furto da mídia física. 

Quais são os tipos de criptografia de dados?

Tanto uma clínica veterinária mais próxima quanto um escritório de contabilidade podem utilizar a criptografia no seu dia a dia. Mas, é preciso conhecer antes os tipos existentes desse recurso. São elas:

  • Criptografia simétrica;
  • Criptografia assimétrica;
  • Criptografia quântica;
  • Criptografia homomórfica.

A criptografia simétrica é aquela que utiliza uma chave única para transformar e para decifrar uma mensagem. Por isso, o segredo é compartilhado. Em contrapartida, a criptografia assimétrica utiliza um par de chaves, sendo uma pública e outra privada.

Essas chaves se relacionam por intermédio de um algoritmo, sendo que os dados criptografados só podem ser desvendados quando ocorre o match dessas chaves. 

A criptografia quântica é aquela que usa características essenciais da física quântica. Sendo assim, ela assegura a segurança das informações, e dispensa a questão da distribuição de chaves.  

Por fim, há também a criptografia homomórfica, que é diferente das outras opções, pois realiza a computação para executar os dados criptografados diretamente, sem a necessidade do acesso por meio da chave secreta. 

Sendo assim, o resultado do cálculo vai continuar criptografado, mas posteriormente, ele é revelado por quem possui a chave secreta. 

De qualquer forma, qualquer empresa que possua uma estrutura com estação de trabalho 8 lugares, na qual várias pessoas atuam bem próximas umas das outras podem ficar despreocupadas, já que mesmo em casos assim é possível utilizar a criptografia. 

De fato, qualquer companhia do mercado que lida diariamente com dados deve priorizar a segurança deles, de modo que essas informações recebam a sua camada de proteção mais apropriada e evitem a vazamentos de dados confidenciais. 

Considerações finais

É inegável que, todos os dias, as companhias do mercado recebem e precisam lidar com uma grande quantidade de informações confidenciais, que não devem ser reveladas e por isso dependem de recursos que permitam conferir essa proteção extra. 

Diante disso, a criptografia se mostra um recurso interessante para empresas e aos mais variados segmentos, que podem apostar nessa ferramenta para proteger os seus dados e para garantir que eles não vazem e tragam prejuízos para todos.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.