De uns tempos para cá, e isso ficou mais evidente ao longo da pandemia, mais e mais pessoas estão buscando por melhores sites para freelancer, pois encontraram nesse trabalho uma maneira de ganhar dinheiro.

Apenas lembrando que o freelancer, mais conhecido como freela, é aquele profissional que trabalha de maneira autônoma, prestando serviços para empresas como pessoas físicas, sem vínculo empregatício.

Principalmente para quem está se lançando agora como freelancer, o ideal é começar com o auxílio de uma plataforma, e aos poucos, vai construindo sua própria carteira de clientes.

Então, se você tem alguma habilidade, por exemplo, escreve muito bem, tem conhecimentos em criação de sites, por que não transformar isso em fonte de renda?

Por isso, reunimos aqui os 6 melhores sites para freelancer trabalhar online, como funcionam, como se cadastrar, os benefícios e assim, você já pode ter o seu próprio negócio.

Como funcionam os melhores sites para freelancer?

Na maioria dos melhores sites para freelancer, o processo é bem semelhante, onde os clientes publicam seus projetos e entram em contato com os freelancers.

Por isso que é importante criar um perfil bem atrativo, com todas as suas habilidades, pois isso vai despertar o interesse de potenciais clientes.

E gostando do seu trabalho, você tem grandes chances de ser encontrado.

Na verdade, a plataforma funciona como uma intermediária, fazendo a ponte cliente-profissional, inclusive responsável pelo pagamento.

Além disso, em grande parte deles, o cadastro é totalmente gratuito, e o site cobra uma comissão do cliente e do freelancer.

Como cada um segue uma política diferente, vamos explicar em mais detalhes cada um deles.

Quais os 7melhores sites para freelancer?

Em primeiro lugar, todas essas plataformas são 100% online, ou seja, você faz o seu cadastro, apresenta a sua proposta, entrega o trabalho e recebe o pagamento.

E quais são os 6 melhores sites para freelancer?

1.Workana

O Workana oferece ofertas nas mais diversas áreas: redação de artigos, tradução, webdesigner, programação, marketing, desenvolvimento de sites, apenas para citar algumas.

É necessário cadastrar um perfil com base nas suas habilidades e competências, e filtrar trabalhos de acordo com a sua área de atuação.

Depois de ter o perfil cadastrado, na página inicial, você encontra a opção “Encontrar Projetos”, e caso algum seja do seu interesse, é só clicar em “Fazer uma proposta”.

Vale ressaltar que os clientes definem um valor, e no momento de apresentar a proposta, aparece o valor da comissão cobrada pela Workana, e quanto você vai receber.

Caso você tenha alguma dúvida, pode enviar uma pergunta ao cliente, e nesse primeiro contato, você pode contar um pouco mais sobre a sua experiência.

Aqui vai uma dica para quem está começando: tente fazer o melhor trabalho possível, e mesmo que o valor não seja o que você imaginava, é uma maneira de se fazer conhecer.

2.Freelancer.com

O freelancer.com funciona praticamente da mesma maneira que a Workana, no entanto, você pode convidar profissionais com os quais trabalha ou já trabalhou.

Por se tratar de uma rede exclusiva, você só pode adicionar até 50 profissionais, e a dica é selecionar os melhores.

É possível enviar uma proposta ou entrar em contato diretamente com o cliente.

Uma outra possibilidade é entrar em contato com um profissional da rede de outra pessoa, porém, é necessário ser membro dessa rede.

3.99Freelas

Outro que faz parte da lista dos melhores sites para freelanceré o 99Freelas, onde o cadastro do perfil também é gratuito. E, para encontrar trabalhos, existem algumas opções:

  • Usar a ferramenta “Buscar Projetos”, onde você encontra todos os projetos disponíveis;
  • Prestar atenção nos e-mails com projetos que se encaixam nas suas especificações;
  • Através dos convites enviados pelos clientes.

Ao se interessar por um projeto, basta enviar uma proposta, descrevendo porque está apto, quanto tempo para entregar o trabalho e o valor. Depois, é só esperar o cliente avaliar a sua proposta.

Assim que o serviço for aprovado e o cliente liberando o pagamento, em até 7 dias úteis, o dinheiro está na sua conta.

Mas assim como outras plataformas, existem planos de assinatura, onde é possível receber em menos tempo.

4. BID Digital

A BID Digital uma plataforma recente no mercado e contém algumas diferenças em comparação com outras plataformas. Ela possui programas de recompensa. Quanto mais você posta projetos, executa tarefas e fecha parcerias na plataforma, mais benefícios você ganha, como um gerente de contas, por exemplo.

Ao se cadastrar na plataforma, o empreendedor que tiver uma demanda pode colocar um projeto e tarefas de forma gratuita.

Publicar um projeto no site é grátis. Você só paga após a conclusão do projeto que é de 10%. A menor do mercado.

5.Fiverr

A Fiverr é outra plataforma online para freelancers, que conecta freelancers e clientes em todo o mundo.

Da mesma forma que outras plataformas, é necessário criar uma conta, com a possibilidade de vincular uma conta das redes sociais, como o Facebook.

Então, depois de feito o cadastro, o freela precisa vender um Gig, que significa “bico” em português, no valor mínimo de 5 dólares americanos.

Por se tratar de uma plataforma internacional, os valores pagos são maiores, pois dependendo do cliente, você pode receber em moeda estrangeira.

A própria plataforma recomenda incluir um vídeo para o freelancer apresentar seu serviço, pois é mais fácil de atrair os clientes.

6.Upwork

Upwork também é uma plataforma internacional, onde os clientes publicam seus projetos e os freelancers enviam suas propostas.

Após realizar o cadastro, a plataforma vai analisar todas as informações fornecidas pelo profissional, e para validar os dados, a equipe entrará em contato com você.

É tudo muito simples e rápido, mas é necessário ter noções básicas de inglês, somente para confirmar seus dados.

Lembrando que o perfil deve ser preenchido em inglês, descreva suas habilidades e os seus diferenciais.

Para encontrar trabalho, basta digitar no campo de busca palavras-chave, e achando algo interessante, envie a proposta.

7.GetNinjas

O processo também é muito fácil. Em primeiro lugar, acesse o site e clique em “Seja um profissional” (canto direito superior da tela).

Você será redirecionado para uma página e então efetuar o cadastro. Ao preencher os dados, um link via SMS é enviado para baixar o app no seu celular.

Em seguida, confirme o número do seu telefone e selecione a opção “Cadastrar meus serviços”. Na próxima tela, é só escolher o tipo de serviço que vai oferecer, e ir seguindo todo o passo a passo.

Diferentemente de outras plataformas, o pagamento no GetNinjas é feito por meio de moedas próprias, as quais podem ser trocadas por um determinado valor em reais.

Depois que você enviar a primeira proposta, vai ficar mais fácil de entender como funciona esse sistema.

Então, esses são os melhores sites para freelancer, e vale a pena acessar cada um e escolher aquele que atenda mais às suas necessidades, ou até se cadastrar em mais de um.

Quais os benefícios dos sites para freelancer?

O principal benefício dos sites para freelancer é ter acesso a oportunidades de trabalho, além da garantia do pagamento.

Uma vez que a plataforma é a intermediária, você tem a segurança que vai receber pelo seu trabalho.

Por exemplo, na Workana, assim que uma proposta é aceita, o cliente efetua o pagamento total, porém, é para o site, e somente após o trabalho entregue e o cliente aceitando, ele libera os fundos para o freela.

Para quem quer iniciar uma carreira como freelancer, o melhor caminho é por meio dessas plataformas, e quanto mais trabalhos entregar, isso vai enriquecendo o seu portfólio, e consequentemente, mais oportunidades.

Muitos freelancers que começaram nesses melhores sites para freelancer, hoje, trabalham “por fora” para os clientes que conheceram na plataforma.

E com o tempo, uns vão indicando para outros, e quando você se der conta, já estará com uma carteira de clientes bem extensa.