Como Escolher um Celular para comprar ? Saiba o que levar em consideração 

07/09/2021 Por companiaweb

Os smartphones fazem parte do nosso dia a dia, ficar longe deles é algo que ninguém deseja. Mas quando a tarefa é escolher um celular Ideal muitos ficam em dúvida. Afinal, qual o melhor celular para mim? 

 

No artigo de hoje, abordaremos sobre a importância em fazer uma escolha sábia na hora de comprar um celular e como saber se um determinado modelo de aparelho é bom ou não.

É possível comprar um celular barato e bom?

Essa é uma dúvida que muitas pessoas têm, quando o orçamento está apertado: será que tenho como comprar um bom celular que não seja caro? A resposta é sim.

 

Tenha em mente que, um bom celular é aquele que ira atender às suas necessidades e que custa um valor que caiba no seu bolso. Para isso, é preciso pesquisar bastante, para encontrar o melhor aparelho com o valor que você pode pagar.

 

E mesmo se você é daqueles que está disposto a pagar alto por um celular top de linha, é preciso ficar atento: conheça as especificações e detalhes dos aparelhos para isso, observe análise de smartphones, seja em sites ou em canais no YouTube.

 

Também, saiba que, nem sempre o mais caro é o melhor. Isso vai depender muito de qual será sua utilização, Então, fique atento às nossas dicas.

Como Escolher um Celular Ideal

Preste atento a cada tópico a seguir, para que a escolha seja a mais vantajosa.

 

 

  • Quais tipos de atividades você irá executar com o novo smartphone?

 

Ter em mente quais serão as atividades que serão executadas no novo smartphone será o fator determinante para a escolha certa.

 

Isso porque, um celular para jogos necessita ter um processador mais potente e maior quantidade de memória RAM do que um celular para pessoas que desejam simplesmente acessar Internet e fazer ligações, por exemplo.

 

 

  • Tipo e tamanho da tela

 

Existem pessoas que se sentem incomodadas ao segurar um celular grande, outras acham prazeroso jogar ou mesmo acessar em um celular grandão. Portanto, o tamanho da tela é algo que você mesmo deverá escolher.

 

Já o tipo de tela é algo que, geralmente, interfere na qualidade de imagem e no preço também. 

 

Os celulares mais baratos, normalmente utilizam painéis IPS. Esses painéis entregam uma qualidade até legal e os valores são mais acessíveis.

 

Já os smartphones intermediários e alguns tops de linha, utilizam telas com qualidade mais elevada que oferecem cores mais firmes, contrastes com certo equilíbrio e elas consomem menos energia. Essas telas são: AMOLED, Super AMOLED, Dynamic AMOLED, OLED, dentre outras.

 

Vale lembrar que, atualmente, os celulares mais baratos chegam a utilizar as telas HD + e elas são boas, mesmo tendo uma qualidade inferior às Full HD +, que são usadas em celulares mais caros.

 

  •  A Escolha do processador

A escolha do processador é de extrema importância na hora de escolher um celular que seja bom para a atividade pretendida. 

 

O processador é responsável por realizar as operações e cálculos e quando ele é muito básico não consegue dar conta de atividades que exigem mais desempenho do aparelho.

 

Na hora da escolha, observe a quantidade de núcleos, quanto maior a quantidade, melhor será sua execução. Existem: os de quatro núcleos (quad-core); seis núcleos (hexa-core) e os de oito núcleos (octa-core).

 

Lembre-se de que, os celulares com oito núcleos oferecem melhor performance para dar conta das atividades do dia a dia. 

 

 

  • Quantidade de Memória RAM 

 

Para atividades básicas, 4 GB de memória RAM é o suficiente para desempenhar bem e sem travamentos. Porém, para quem precisa do celular para jogar ou utilizar aplicativos pesados, compre um celular com pelo menos 6GB de memória RAM.

 

No mercado, é possível encontrar smartphones potentes, os chamados tops de linha, com 8Gb e 12GB de RAM, eles oferecem desempenho e performance para quem deseja um aparelho à prova de travamentos, porém, os mesmos custam caro.

 

 

  • Armazenamento interno 

 

Tenha em mente o seguinte na hora de escolher um celular, quanto mais você utiliza o smartphone para baixar vídeos, guardar fotos e fazer filmagens, mais você precisará de armazenamento. Uma dica básica é: evite comprar celular que tenha menos 32 GB.

 

Atualmente, existem modelos de celulares com 64GB e até 128gb baratos. Alguns desses modelos tem até uma ficha técnica bem interessante.

 

Também verifique se o smartphone tem suporte para cartão de memória, sendo assim, você pode ampliar a capacidade de armazenamento.

 

  • Câmeras 

Se seu objetivo principal é obter um celular com boas câmeras, fique atento a algumas informações importantes.

 

Tenha em mente que, além da qualidade de megapixels, o smartphone para proporcionar boa qualidade de vídeo e foto, deve possuir recursos tecnológicos nas câmeras, como exemplo foco automático, estabilização óptica, quad pixel, etc. Além disso, um bom processador ajuda e muito no resultado do pós processamento das imagens.

 

Também, se você ama tirar boas fotos, fique atento às disponibilidades de recursos disponíveis nas câmeras. Podemos perceber que no mercado existem aparelho com várias câmeras na parte traseira. E cada uma delas tem seu papel específico. Então, leia as especificações do celular desejado e veja cada lente disponível no aparelho desejado.

 

  • Bateria

Ter um celular que descarrega a todo instante é um pesadelo para muitas pessoas que gostam de passar horas acessando. Mas, para a felicidade dessas pessoas, as fabricantes de aparelhos celulares têm investido nessa área e esse pesadelo tem se tornado coisa do passado.

 

A maioria dos modelos de celulares tem bateria de 4.000mAh ou mais, com isso a pessoa garante carga por boa parte do dia. Mas, mesmo assim é bom ver revisões do celular, para ver a real duração da bateria.

Hoje em dia, encontramos vários modelos com 5000mAh e que são baratos.

 

 

  • Tecnologias disponíveis

 

Também um ponto interessante é que, o consumidor deve ficar atento quanto às tecnologias disponíveis no smartphone.  Uma vez que, os modelos mais recentes, como o Xiaomi POCO M3 Pro 5G, possuem novas tecnologias como exemplo: NFC, que é utilizado para facilitar os pagamentos e também a conexão 5G que é o futuro das redes móveis. 

 

 

  • Sistema Operacional 

 

Os dois sistemas operacionais mais utilizados são Android e iOS. Eles são ótimos e possuem interfaces e visuais distintos. Mas, você deverá fazer a escolha baseada na sua preferência ou familiaridade.

 

De um lado, o Android, o sistema operacional mais utilizado no mundo, está presente desde os modelos baratinhos até o mais top de linha. Do outro lado o IOS, um sistema operacional desenvolvido pela Apple, está presente em aparelhos apenas da marca e geralmente custam caros.

Conclusão:

Escolher um celular ideal não é precisamente optar por aquele que custa uma fortuna, mas sim escolher um que irá estar com você em todos os momentos: seja na diversão, viajem ou no trabalho. E que irá ter performance e duração de bateria suficiente para não interferir na sua usabilidade e lazer.