E-mail marketing é uma estratégia usada pelas empresas para estabelecer uma comunicação direta com clientes e potenciais clientes. 

Costuma ser feita de maneira automatizada, por meio de uma ferramenta de disparo de e-mails.

Trata-se de uma das principais estratégias de marketing digital, pois consegue estabelecer uma comunicação direta com o público, que ajuda a estreitar o relacionamento com os leads, gerar vendas e traz um excelente retorno.

Mesmo assim, existem muitos empreendedores e gestores que desacreditam dessa prática, e isso acontece porque, antigamente, o e-mail marketing era sinônimo de spam.

Também era usado para fraudes, além de ser considerado uma abordagem intrusiva, fazendo com que usuários passassem a ignorar as mensagens enviadas.

Mas, com o passar do tempo, essa estratégia sofreu várias mudanças, e hoje se estabelece como uma das principais práticas para impactar as pessoas certas, no momento mais adequado e com a mensagem mais apropriada.

Todo tipo de empresa precisa investir em e-mail marketing para conseguir se comunicar com o público. Pensando nisso, neste artigo, vamos explicar o que é e-mail marketing, mostrar suas vantagens e como fazer.

O conceito de e-mail marketing

E-mail marketing é uma estratégia de envio de e-mails, para uma lista de contatos e com autorização prévia por parte dos destinatários.

Seu objetivo é estabelecer uma comunicação direta e atender algumas demandas do marketing, além disso, costuma ser feito por meio de ferramentas de automação.

Não é de hoje que o e-mail é importante para estabelecer uma comunicação direta entre remetente e destinatário, mas ao longo dos anos, assumiu a identidade das pessoas, pois é necessário para cadastro nas redes sociais e outras plataformas.

Isso significa que uma lavanderia com entrega consegue se comunicar com as pessoas no momento mais apropriado e sem nenhum tipo de interrupção.

Mas, antes de ser tão eficiente quanto é hoje, o e-mail já incomodou as pessoas no passado, pois começaram a receber mensagens indesejadas, insistentes e sem qualquer tipo de permissão.

Em outras palavras, um espaço totalmente pessoal passou a ser dominado por empresas inconvenientes e até mesmo mensagens duvidosas com o vírus.

Essa situação prejudicou a imagem do e-mail marketing, tanto é que provedores de e-mail começaram a bloquear conteúdos suspeitos e os próprios usuários passaram a ignorá-los ou deletá-los.

Para não perder esse canal tão importante, as empresas começaram a mudar a maneira como abordam seus contatos, segmentando a lista de e-mails que possui e adotando práticas para tornar as mensagens mais relevantes.

Com isso, o e-mail voltou a ter seu propósito original, e para as companhias, se tornou uma maneira direta e humanizada de se comunicar com os consumidores, por meio de conteúdos de valor.

Vantagens do e-mail marketing

Para uma confecção de agasalho esportivo infantil masculino, investir nessa estratégia traz muitas vantagens, como:

  • Aumento do alcance;
  • Formato flexível;
  • Canal próprio;
  • Alcance previsível;
  • Bons retornos.

Cerca de 4 bilhões de pessoas utilizam e-mail no mundo, ou seja, mais da metade da população mundial. O endereço de e-mail registra todas as ações que os usuários fazem em outros canais, pois é usado para criar login em diferentes plataformas.

Ele é fundamental para as atividades na internet, é uma empresa que investe nessa prática e consegue alcançar mais pessoas.

O e-mail é flexível porque pode ser preenchido como usuário quiser, além disso, as mensagens não têm limites de caracteres e pode conter vários elementos, como imagens, links, diferentes layouts e assim por diante.

A marca pode criar um template e incluir elementos gráficos ou simplesmente enviar uma mensagem de texto para seus contatos.

Outra vantagem que se destaca é ter um canal próprio de comunicação para o negócio, além disso, também não existem interferências que controlam como, quando e por que a mensagem será enviada.

Isso é muito diferente do que acontece nas redes sociais, pois os algoritmos decidem quais publicações serão exibidas para os usuários.

Ao fazer uma publicação nas redes sociais, nem todos os usuários vão receber a mensagem e isso ocorre porque são os algoritmos que determinam o que é relevante e o que não é para cada indivíduo.

Isso quer dizer que uma empresa de móveis modulados escritório, não tem previsão do alcance orgânico de suas postagens, mas com o e-mail, tem total controle e previsibilidade do alcance.

Se a mensagem foi enviada para mil contatos, todos eles vão recebê-la, a não ser que algum endereço esteja com problemas.

Por fim, o retorno sobre os investimentos (ROI) é muito melhor, pois a verba necessária para começar a trabalhar é baixa, mesmo tendo conversões altas.

Tudo o que a companhia precisa para começar uma estratégia de e-mail marketing é um domínio, uma ferramenta de envio e uma pessoa que seja capaz de executar a estratégia.

Quanto às ferramentas, também existem várias opções gratuitas, o que torna essa ação muito acessível para os pequenos negócios.

Mas, para aproveitar todos os benefícios do e-mail marketing, é necessário saber trabalhá-lo do jeito certo.

Dicas para fazer e-mail marketing

Para fazer e-mail marketing, uma empresa de ferro industrial de passar roupa deve investir em algumas práticas. São elas:

Construir sua própria lista

Antes de criar a mensagem e começar a enviá-la, primeiro é necessário criar sua própria lista de contatos e nunca comprá-la pronta. Listas prontas são contatos frios que não trarão bons retornos.

A empresa precisa trabalhar com estratégias de captação, como uma landing page, onde o usuário se registra para receber o material e fornece para a empresa seu nome e e-mail.

Escolher um nome de remetente

Uma das melhores práticas na hora de escolher o nome do remetente é utilizar um e-mail real, por exemplo, ao invés de usar [email protected], prefira [email protected]

Essa pequena mudança é capaz de influenciar a taxa de abertura e cliques, pois uma empresa de pintura fachada consegue conquistar a atenção e a empatia dos usuários.

Definir uma estratégia de comunicação

Ao ter as ferramentas e a estrutura correta, é necessário começar a pensar nas questões estratégicas, como identificar o público, ações que pretende realizar com o e-mail, a linguagem usada pela empresa e parâmetros de sucesso.

Responder a essas perguntas é necessário para que a campanha seja mais assertiva, consequentemente, o retorno sobre os investimentos será muito maior.

Criar um bom template

Depois de definir a estratégia, as ferramentas que serão usadas e construir uma boa base de contatos, o e-mail passa a se enquadrar nas boas práticas dessa ação.

Além da comunicação escrita, um fabricante de forro drywall sala deve estabelecer uma comunicação visual, visto que isso permite que a empresa seja identificada assim que o e-mail for aberto.

Algumas ferramentas oferecem diferentes opções para criar layouts, além de oferecerem templates fáceis de criar e que facilitam a campanha.

Iniciar um relacionamento com os contatos

Para de fato se relacionar com os contatos, é necessário estabelecer um calendário e otimizar o relacionamento com essas pessoas. Só que isso depende de um equilíbrio na hora de disparar os e-mails, depois enviar muitas mensagens ou poucas não é ideal.

O excesso de conteúdos pode saturar a lista e reduzir as taxas de abertura, por outro lado, enviar poucas mensagens diminui o engajamento.

Para resolver essa questão, uma empresa de manutenção de ar condicionado industrial precisa estabelecer uma periodicidade.

Isso significa que ela vai manter os envios constantes e em determinados horários, mas é necessário analisar em qual momento do dia os leads preferem receber e-mails, algo que varia de um negócio para outro.

Isso faz com que as pessoas esperem pela mensagem no momento mais oportuno para elas, além de tornar a comunicação mais previsível e constante.

Fazer testes

Por fim, faça alguns testes na estratégia para avaliar os resultados e identificar algumas melhorias necessárias.

Veja se você está segmentando corretamente, se existe algum problema com a entrega dos e-mails, o quanto já evoluiu, se precisa melhorar alguma coisa e se as ofertas estão fazendo sentido.

Para fazer uma boa análise de sua prática, uma empresa de eletricista de manutenção predial pode usar uma ferramenta que facilita a otimização das estratégias e a segmentação de e-mail.

De qualquer forma, dentre as métricas que precisam ser avaliadas está a quantidade de e-mails entregues, a quantidade de aberturas, cliques, número de conversões, reclamações de spam, entre outros.

Considerações finais

Sendo dessa forma, trabalhar com e-mail marketing é uma necessidade para qualquer empresa que queira estabelecer um bom relacionamento com seus clientes e potenciais clientes.

É uma estratégia simples e muito eficiente, além de financeiramente mais acessível, podendo ser usada por qualquer tipo e tamanho de empresa.

Seguindo nossas dicas, seu negócio poderá criar uma boa campanha de e-mail marketing e ter acesso a todos os benefícios que só ele é capaz de trazer.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.